Confira tudo o que você precisa saber sobre Mulheres na TI

A tecnologia tem sido um campo onde as mulheres estão sub-representadas, mas a boa notícia é que as coisas estão mudando. Em geral, a representação de mulheres na TI cresce a cada ano. E embora ainda precise ser feito um esforço até que haja tantas mulheres na TI quanto homens, está se tornando menos comum ser a única mulher na sala.

O crescimento apresentado nos últimos três anos traz uma certa esperança às mulheres interessadas em atuar em áreas tecnológicas, principalmente porque as empresas estão cada vez mais incentivando e desenvolvendo mecanismos de inclusão para os profissionais desse mercado de trabalho.

Mercado de trabalho para mulheres na TI

É geralmente entendido que a presença das mulheres no setor tecnológico sempre se distinguiu pela disparidade entre as oportunidades oferecidas a elas e aos homens. Mesmo que isso mudasse em breve, a categoria ainda continuaria a ser principalmente masculina.

No entanto, não podemos dizer que não houve aumento na participação das mulheres na área. Em apenas cinco anos, a participação feminina no mercado de TI aumentou 60%. Segundo dados do Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged), o número de mulheres passou de 27,9 milhões para 44,5 milhões em 2020, reforçando as milhões de oportunidades que podem encontrar no setor.

Além disso, em 2021, mais de 12,7 mil candidaturas de mulheres em vagas na área de TI foram registradas pelo Banco Nacional de Empregos (BNE), tendo tido um aumento de 2 mil vagas em comparação com os dados em 2020.  De acordo com pesquisa realizada pela empresa de tecnologia "Revelo", que conecta candidatos a vagas de emprego a vagas nesse setor, as mulheres ocupavam 12% das vagas abertas na área de tecnologia em 2020.

 

Profissões de tecnologia com prospecção para a entrada das mulheres

Embora ainda exista um longo caminho pela frente para percorrer, as mulheres cada vez mais estão fazendo parte da equipe de TI de grandes empresas. Contudo, muitas ainda não conhecem todas as oportunidades de atuação. Por isso, confira algumas profissões na área de TI que têm boas prospecções para o futuro.

Analista de segurança da informação: Esses profissionais ficam de olho nos sistemas de computador para tudo e qualquer coisa que possa representar uma ameaça à segurança. Eles são responsáveis ​​por usar as ferramentas e programas de segurança fornecidos pela empresa para ajudar a prevenir, mitigar e reparar qualquer dano.

Cientista de dados: um cientista de dados coleta, limpa, organiza e avalia dados para fornecer uma perspectiva prática para os negócios. Ela também pode ajudar a desenvolver modelos de aprendizado de máquina, algoritmos de inteligência artificial e mecanismos de recomendação em diversas áreas;

Desenvolvedor de software: A programação é obviamente muito importante, mas os desenvolvedores colaboram com usuários e colegas para resolver problemas complexos, encontrar maneiras de vários aplicativos trabalharem juntos, localizar e corrigir erros e otimizar aplicativos existentes para novos sistemas e propósitos;

Desenvolvedor da Web: A tarefa dos desenvolvedores da Web é criar sites atraentes e fáceis de usar, rápidos e intuitivos. Eles trabalham em conjunto com todos, desde desenvolvedores de back-end e designers gráficos até clientes e executivos;

Gerente de Tecnologia da Informação (TI): Como os gerentes de TI são responsáveis ​​por todos os aspectos tecnológicos de uma organização, eles frequentemente garantem que os programas de segurança cibernética estejam funcionando corretamente e desenvolvam planos de inovação de longo prazo.

Engenheiro de DevOps: como a sigla sugere, um engenheiro de DevOps preenche a lacuna entre desenvolvedores e operações. Elas são normalmente responsáveis ​​pela otimização dos processos e pela criação de ferramentas para resolução de problemas.

Cursos e oportunidades para incentivar mulheres na TI

São inúmeras as iniciativas no mercado que visam estimular a entrada de mulheres no setor de tecnologia, incluindo parcerias com grandes empresas da área, além de oportunidades e cursos voltados para essa demanda. Confira algumas opções para você que deseja ingressar nessa área.

Trybe e BHS

Trybe é uma plataforma conhecida por oferecer cursos de programação gratuitos para todos, sem necessidade de conhecimento prévio de algoritmos ou linguística. Ele acaba ajudando bastante as pessoas que estão iniciando na área.

Programa Maria

O projeto de incentivo Programa Maria disponibiliza conteúdo gratuito em seu site e oferece cursos para quem tiver interesse.

Lyssa Cavalcante (Techly)

Um digital influencer do mundo da tecnologia que oferece um método que ensina como programar do zero em apenas 100 dias e disponibiliza em seu site.

Conclusão

Mesmo havendo diversos desafios para a inclusão das mulheres no mercado de trabalho da tecnologia, esse cenário está se tornando cada vez menos hostil para as mulheres e com mais oportunidades.

Sendo assim, se você deseja seguir essa área você deve se preparar, tanto em relação a buscar conhecimentos como trabalhar o emocional para lidar com as frustrações que poderão surgir durante sua jornada. Mesmo sendo um caminho muitas vezes difícil, o resultado pode ser bem compensador.

Se você gostou desse artigo e gostaria de ter acesso a mais como este, é só continuar navegando no nosso site.

 

Entre em contato

Rua caldas Novas, 50
Conj 85 Cond Beta Trade
Barueri - SP
(19) 99500-0100 [email protected]