C-Level: CEO e os demais cargos executivos

Confira neste artigo mais detalhes sobre o que é o C-Level e quais são os cargos envolvidos dentro deste conceito.

A estrutura organizacional é uma das muitas mudanças que a era digital trouxe para as empresas. À medida que as empresas foram obrigadas a se ajustar a novas configurações e modelos de gestão, seus estilos de liderança mudaram. Como resultado, os cargos C-Level refletem isso, enfatizando a importância de ter uma gestão de execução especializada para cada área.

Esses nomes fazem parte das operações diárias de qualquer organização, no entanto, nem todos entendem o que significam ou acabam se perdendo em meio a tantas siglas.  Por isso, se você quer saber como funciona o C-Level e quais são os principais cargos incluídos nessa nomenclatura, é só continuar lendo este artigo.

O que é o C-Level?

C-Level

Primeiro precisamos entender que o C-level é uma categoria de cargos executivos que está se tornando cada vez mais comum nas estruturas de negócios atuais. Além desses cargos serem preenchidos por pessoas responsáveis ​​pela gestão das principais áreas de negócios, eles também possuem autonomia na tomada de decisões e no planejamento estratégico.

Nesse sentido, a letra "C" nas siglas pode ser traduzida para “Chefe". Dependendo da estrutura da organização, a designação "C" pode ser utilizada no lugar ou em conjunto com os cargos tradicionais, como "presidente" e "vice-presidente".

Por trás do conceito C-level está a ideia de ter pessoas em cargos executivos que possam se dedicar integralmente a um departamento estratégico. Sendo assim, agora temos executivos de C-Level em áreas como finanças, marketing e tecnologia. Para preencher a vaga, é preciso ter muita experiência, conhecimento técnico, capacidade de liderança e visão estratégica.

No entanto, vale ressaltar que os C-levels, independentemente de sua autonomia, devem alinhar suas ações com a estratégia corporativa da empresa. Isso garante que a empresa, embora tenha objetivos operacionais distintos, seja bem-sucedida.

Quais são os cargos principais dentro do C-Level?

C-Level

Agora que você já sabe o que é um C-Level, e o que esse conceito carrega em uma estrutura organizacional, vamos entender mais sobre as siglas mais importantes de forma específica. Confira mais a seguir.

Chief Executive Officer (CEO)

Entre todos os outros cargos, o CEO ou Diretor Executivo é sem dúvida o mais conhecido. Além disso, entre os cargos executivos, este é o que possui mais responsabilidades e está no topo da hierarquia de uma organização. Por serem a “cara” da empresa, suas declarações têm um impacto significativo tanto dentro como fora da organização e, em muitos casos, até mesmo em seu ramo de atuação.

Ele é responsável pelas estratégias e visão da empresa e, além de seu lado criativo, deve ser extremamente analítico. Esta posição não é vista em todas as empresas, em vez disso, é mais comum ser encontrada em multinacionais de médio e grande porte, pois é necessário ter um líder competente, visionário, com conhecimento de mercado e capacidade de gestão para liderar a organização como um todo.

Chief Data Officer (CDO)

O CDO é um dos cargos de C-Level mais recentes, refletindo o avanço da transformação digital e abordagens orientadas por dados nos negócios. Seu trabalho é garantir que a estratégia de negócios seja executada corretamente e que os dados estejam lá para respaldá-la.

Esses números operacionais são fundamentais em negócios orientados por dados. Portanto, os CDOs, podemos dizer, são aqueles que atuam como um elo entre a direção estratégica de uma empresa e seus dados. Esse trabalho executivo envolve o rastreamento de diretrizes adequadas de uso de informações, bem como o desenvolvimento de políticas de privacidade de dados. Nesse sentido, o líder precisa ser alguém com expertise em dados, que tenha trabalhado em cargos como analista e cientista e tenha muita experiência na área.

Chief Financial Officer (CFO)

O CFO (Chief Financial Officer), ou Diretor Financeiro, é o responsável pelas atividades financeiras de uma organização. Uma de suas responsabilidades é gerenciar e supervisionar todo o planejamento financeiro. Assim como as demais funções estratégicas, o CFO deve entender a história da empresa além dos números e relatórios, analisar riscos e fazer projeções futuras, entre outras coisas.

Chief Marketing Officer (CMO)

As empresas sabem há muito tempo que o marketing pode produzir resultados incríveis. Sendo assim, a posição do CMO é uma das mais importantes no C-Level. As pessoas que ocupam esse cargo têm um trabalho estratégico nas mãos, começando pela direção de campanha.

Os CMOs escolhem quais ações usar, qual abordagem adotar e quais indicadores prestar atenção especial para medir os resultados. A ideia é traduzir a cultura e a estratégia de marketing da empresa em ações de marketing específicas. Os CMOs são pessoas com muita experiência no setor, mas principalmente em marketing digital.

Chief Operating Officer (COO)

O Chief Operating Officer (COO), também conhecido como Diretor de Operações, é responsável por supervisionar o trabalho operacional da empresa. Ao contrário de outros cargos, onde são atribuídas responsabilidades específicas a cada tipo de executivo, as responsabilidades do COO podem ser amplas e diversificadas, dependendo da estratégia da organização.

É possível ver mais de um COO em algumas empresas. Por lidar diretamente com o dia a dia da empresa, esse executivo pode ser o braço direito do CEO, responsável por colocar em prática tudo o que foi discutido no planejamento estratégico da empresa.

Se você quiser descobrir mais sobre as novas formas organizacionais, é só continuar navegando pelo site da Deskin. Além disso, você também poderá encontrar informações sobre ferramentas tecnológicas que impulsionam os resultados empresariais.

Entre em contato

Rua caldas Novas, 50
Conj 85 Cond Beta Trade
Barueri - SP
(19) 99500-0100 [email protected]